Criada em 16/11/2019 às 17h02 | Política brasileira

“Moratória da soja é um absurdo; é preciso respeitar o produtor brasileiro que cumpre a legislação”, afirma Tereza Cristina

Ministra defendeu a aplicação do Código Florestal e disse que a agricultura brasileira é a mais sustentável do mundo. “É preciso sentar e discutir,pois esse não é um assunto para criar polêmica e precisamos respeitar o produtor rural brasileiro, já que ele cumpre o que está na legislação."

Imagem
Tereza Cristina: “Nós temos como mostrar onde a nossa soja é produzida e se pode ser cultivada naquele local” (foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)

A ministra da Agricultura, Tereza Cristina, criticou duramente a moratória da soja. Em Londrina (PR), onde participou nessa semana do AgroBit Brasil 2019, ela abordou o tema, com uma declaração veemente.

Ela defendeu a aplicação do Código Florestal e afirmou que a agricultura brasileira é a mais sustentável do mundo. “Eu acho que a moratória da soja é um assunto privado, na qual eu acho um absurdo. Nós temos como mostrar onde a nossa soja é produzida e se pode ser cultivada naquele local. O Brasil tem hoje o código florestal que é uma das leis mais rigorosas do mundo, em que o empresário rural precisa manter de 20% a 80% da sua propriedade na vegetação original”, disse.

Para a gestora, é necessário dados e tecnologia para comprovar que a produção agrícola do Brasil é sustentável. “É preciso sentar e discutir, pois esse não é um assunto para criar polêmica e precisamos respeitar o produtor rural brasileiro, já que ele cumpre o que está na legislação”, disse.

VEJA TAMBÉM 

“Quarenta por cento da área do Matopiba é destinada a proteção e preservação da vegetação nativa”, diz supervisor da Embrapa

Produtores preservam mais de 219 milhões de hectares de suas propriedades, o que corresponde a R$ 2,4 trilhões em área

Dirigentes da Aprosoja mostram dados oficiais que comprovam que produtores protegem meio ambiente no Matopiba

Seminário em Palmas aborda aspectos socioeconômicos e ambientais da produção agrícola no cerrado e no Matopiba

“Se quer conhecer vegetação nativa no Brasil não vá a parques, visite uma propriedade rural, são eles que estão protegendo”

CONFIRMA MAIS NOTÍCIAS SOBRE A APROSOJA

Tags:

Comentários


Deixe um comentário

Redes Sociais
2019 Norte Agropecuário