Criada em 20/04/2017 às 15h08 | Gado

Criadores de gado do Tocantins devem vacinar 8,6 milhões de animais contra aftosa; campanha começa no próximo dia 1º

A campanha ocorrerá de 1º a 31 de maio, por isso, a Agência de Defesa Agropecuária (Adapec) intensificou as fiscalizações de vacinas nas lojas agropecuárias do Estado e já mobiliza a cadeia produtiva para a vacinação.

Imagem
O Tocantins celebra 20 anos livre da aftosa com vacinação, mantendo o índice acima de 90% dos animais vacinados (foto Arquivo Secom)

No Tocantins, os preparativos para o início da primeira etapa de vacinação contra febre aftosa já começaram.  A Agência de Defesa Agropecuária (Adapec) intensificou as fiscalizações de vacinas nas lojas agropecuárias, tem realizado o planejamento das ações das equipes internas, e educação sanitária para a cadeia produtiva, bem como, tem feito a entrega de comunicado com previsão para execução da vacinação agendada, em casos específicos.  A expectativa é vacinar mais de 8,6 milhões de bovídeos (bovinos e bubalinos), distribuídos em mais de 56,5 mil propriedades rurais.

Nesta campanha, que ocorrerá entre os dias 1º e 31 de maio, todos os bovídeos (bovinos e bubalinos), indiferentemente da faixa etária deverão ser vacinados. A comprovação deve ser feita até 10 dias após a compra da vacina, nas unidades da Agência, presentes nos 139 municípios do Estado. “Estamos todos engajados. Confiamos no comprometimento de toda cadeia produtiva agropecuária, que a cada ano, tem colaborado com a manutenção do nosso status sanitário, resultando em uma carne de qualidade e abertura de novos mercados”, enfatiza o presidente da Adapec, Humberto Camelo.

Nas lojas agropecuárias cadastradas, que comercializam produtos veterinários, num total de 223, os técnicos da Agência fazem permanentemente a aferição de temperatura das vacinas, verificam o acondicionamento, o prazo de validade, entre outros. “Acompanhamos nessas empresas, o recebimento das vacinas antiaftosa, anti-brucelose e antirrábica, para assegurar que o produto está dentro das exigências e das especificações apresentadas”, explicou o responsável técnico pelo Programa de Produtos Veterinários e Biológicos da Adapec, Ercílio de Moura Luz.

As palestras sobre febre aftosa também estão sendo realizadas em vários municípios do Estado. Nesta semana, os produtores rurais do Assentamento Reunidas, em Aragominas participaram do encontro. “Outra ação importante, é a entrega de comunicado para agendamento das vacinações fiscalizadas, acompanhadas e oficiais, em áreas indígenas e assentamentos. Além disso, nas propriedades rurais que tiveram alguma pendência na campanha anterior”, disse o responsável técnico pelo Programa Estadual de Erradicação da Febre Aftosa, Márcio Rezende.

AFTOSA NO TOCANTINS

Em maio, o Tocantins celebrará 20 anos livre da aftosa com vacinação, sempre mantendo o índice acima de 90% dos animais vacinados, nas duas etapas da campanha de maio e novembro, conforme preconizado pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa). O Estado está em 11º lugar no ranking nacional em números de animais, com um rebanho de mais de 8,7 milhões, incluindo o rebanho da Ilha do Bananal. Índice vacinal Em 2016, na 1ª etapa da campanha, realizada em maio, foram vacinados 8.509.886 bovinos e 6.716 bubalinos, com a média de índice vacinal de 99,45%. (Da Adapec)

Voltar
Tags:

Comentários


Deixe um comentário

Redes Sociais
2017 Norte Agropecuário