Criada em 15/05/2017 às 22h19 | Exportações

Operação plena da Norte-Sul faria escoamento da produção no Matopiba saltar de 5 milhões para 20 milhões de toneladas

O fato de a ferrovia não estar funcionando plenamente impede que o país exporte por ano pelo menos R$ 15 bilhões a mais. As informações são da Folha de S.Paulo.

Imagem
A ferrovia Norte-Sul tem 1.575 km para operação. O trecho total previsto no projeto é de 4.800 km (foto: Agência Brasil)

Levantamento do governo federal indica que o funcionamento pleno da ferrovia Norte-Sul faria com que o escoamento da produção no Matopiba (Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia) saltasse de 5 milhões para 20 milhões de toneladas, em média, por ano.

O fato de a ferrovia não estar funcionando plenamente impede que o país exporte por ano pelo menos R$ 15 bilhões a mais. As informações são da Folha de S.Paulo, que usa como fonte a Valec, Ministério dos Transportes, Conab e ANTT. 

A Norte-Sul tem 1.575 km para operação. O trecho total previsto no projeto é de 4.800 km. Ainda conforme a Folha de S.Paulo, a obra já consumiu R$ 28 bilhões - a suspeita é que um terço foi superfaturado.

O governo federal prepara para leiloar dois novos trechos em 2018. Um deles fica entre Porto Nacional (TO) e Outro Verde\Anápolis (GO); e Ouro Verde (GO) a Estrela D´Oeste (SP). Clique aqui e veja a reportagem completa. 

VEJA TAMBÉM 

Obra de R$ 25,8 bilhões, Norte-Sul opera apenas em 39,35% do total de km previstos

CLIQUE AQUI E LEIA MAIS SOBRE A POLÊMICA OBRA DA FERROVIA NORTE-SUL 

Voltar

Comentários


Deixe um comentário

Redes Sociais
2017 Norte Agropecuário