Criada em 26/04/2021 às 08h05 | Agronegócio

Senar realiza treinamento de Metodologia ATeG para 16 novos técnicos de campo; ênfase é gestão de propriedades rurais

“Nosso objetivo foi apresentar um método que priorize a gestão da atividade de forma eficiente e com isso permita alcançar mudanças efetivas no ambiente das propriedades rurais”, destaca a superintendente do SENAR, Rayley Luzza.

Imagem





O Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (SENAR) encerrou nesta sexta-feira, dia 23, o treinamento metodológico para Assistência Técnica e Gerencial (ATeG) para dezesseis novos técnicos de campo. Durante o treinamento foram trabalhadas técnicas de abordagem, ferramentas de gerenciamento da propriedade rural, diagnóstico produtivo, planejamento estratégico e interpretação de indicadores produtivos.

O instrutor Antônio Carlos Lima afirmou que a ênfase do treinamento é na metodologia de gestão das propriedades, além de desenvolver competências gerenciais e comportamentais: “Enfatizamos também sobre a importância do acompanhamento ao produtor rural para desenvolver suas atividades da melhor forma possível. Importante destacar que o grande mote do curso é orientar sobre a gestão baseada em indicadores produtivos e no levantamento dos custos de produção, já que o objetivo da ATeG é dar suporte ao produtor não só nas questões técnicas, mas também no alcance dos resultados financeiros da propriedade’, explica.

No quesito planejamento estratégico, os participantes realizaram atividades práticas em visita a propriedade Terra Nova, localizada no munícipio de Paraíso do Tocantins.

A Superintendente do SENAR, Rayley Luzza, comenta que com o treinamento, esses novos técnicos estarão capacitados para oferecerem aos produtores rurais uma assistência técnica de qualidade, objetivando melhorias na produtividade, manejo, gestão e comercialização.
“Nosso objetivo foi apresentar um método que priorize a gestão da atividade de forma eficiente e com isso permita alcançar mudanças efetivas no ambiente das propriedades rurais”, destaca Rayley.

O curso conta com carga horaria de 72 horas e os novos técnicos atuarão nos programas FIP Paisagens Rurais, Agro Senar e Médio Produtor Pecuária de Corte. (Do Sistema Faet/Senar)

Tags:

Comentários


Deixe um comentário

Redes Sociais
2021 Norte Agropecuário