Criada em 07/04/2021 às 10h02 | Grãos

Excesso de chuva: Perdas da safra de soja 2020/2021 na região de Pedro Afonso devem chegar a 30%; estimativa ainda não foi finalizada

“Primeiro terço da colheita foi extremamente difícil devido ao volume ininterrupto de chuvas, prejudicando consideravelmente a qualidade dos grãos colhidos. Não atingiremos a meta de receber 150 mil toneladas, porém superamos o volume recebido na safra anterior”, diz Ricardo Khouri.

Imagem




Fred Alves
DE PEDRO AFONSO (TO)

A safra de soja 2020/2021 foi marcada pelos prejuízos provocados pelo grande volume de chuvas entre o final de fevereiro e a primeira quinzena de março, o que provocou problemas como atrasos na colheita, avarias causadas aos grãos devido ao excesso de umidade e sobrecarga nos armazéns. Os números não estão fechados, pois a colheita ainda prossegue até o final deste mês, porém a estimativa é que as perdas cheguem a até 30% da produção.

Apesar das inúmeras dificuldades, o mês de abril começou com uma notícia positiva para os integrantes da Cooperativa Agroindustrial do Tocantins (Coapa). Neste início de semana foi registrado o recebimento de 134.237.133 toneladas de soja, o maior volume da oleaginosa já recepcionado nos quase 23 anos de atuação da cooperativa que está presente em 16 municípios tocantinenses. Toda produção foi transportada por 3.940 caminhões e entregues nos três armazéns – um próprio, um arrendado e um alugado –, em Pedro Afonso, que juntos têm capacidade estática de 92 mil toneladas.

Presidente da Coapa, Ricardo Khouri afirmou que o resultado é positivo, mas seria ainda melhor se não fossem os impactos causados pelas chuvas excessivas que caíram justamente na fase inicial da colheita. “O primeiro terço da colheita foi extremamente difícil devido ao volume ininterrupto de chuvas, prejudicando consideravelmente a qualidade dos grãos colhidos. Não atingiremos a meta de receber 150 mil toneladas de soja, porém superamos o volume de soja recebido na safra anterior, o que é positivo. Estamos num grande esforço, e como diz o ditado ‘tentando fazer do limão uma limonada’”, avaliou.

“Do jeito que está a movimentação em nossos armazéns, acredito que ainda consigamos chegar a 140 mil toneladas recebidas. Isso seria ótimo depois de passarmos por tantas dificuldades nesta safra”, disse o gerente-geral da Coapa, Nelzivan Carvalho Neves, ao informar que as equipes dos armazéns já estão preparadas para começar a receber, a partir da próxima semana, as cargas do milho safra.

EXPEDIÇÃO DE GRÃOS

Do volume recebido até agora, a Coapa já expediu 66.998.060 toneladas de soja. A maior parte abastece o mercado chinês. Os grãos são comercializados com tradings que exportam a produção.  (Da Coapa)

Tags:

Comentários


Deixe um comentário

Redes Sociais
2021 Norte Agropecuário