Criada em 06/02/2020 às 16h30 | Grãos

Previsões agrometeorológicas auxiliam no planejamento para cultivo de grãos no Tocantins, defendem especialista e produtor

“Os produtores que seguiram as orientações repassadas pelos especialistas conseguiram driblar as condições climáticas desfavoráveis e, consequentemente, esperam boas colheitas”, destacou gerente de Agrometeorologia da Secretaria da Agricultura, Pecuária e Aquicultura, Denise Coelho.

Imagem
Previsões repassadas ao público durante evento foram decisivas para os agricultores nas tomadas de decisões (foto: SeagroTO/Divulgação)

 

Elmiro de Deus
DE PALMAS

De acordo com a gerente de Agrometeorologia da Secretaria da Agricultura, Pecuária e Aquicultura (Sagro) Denise Coelho, as chuvas irregulares que ocorreram nos meses de outubro a dezembro foram previstas e apresentadas durante o 5º Encontro para apresentação das tendências agroclimatológicas, organizado pela Seagro, em setembro de 2019. “Os produtores que seguiram as orientações repassadas pelos especialistas conseguiram driblar as condições climáticas desfavoráveis e, consequentemente, esperam boas colheitas”, destacou.

No mesmo raciocínio, o presidente da Cooperativa Agroindustrial do Tocantins (Coapa), Ricardo Khouri afirma que as previsões repassadas ao público durante o evento foram decisivas para os agricultores nas tomadas de decisões para início de cultivo da safra 2019/2020, principalmente para as culturas da soja, milho e arroz. “Com base nas orientações agrometeorológicas nós fizemos a seleção de cultivares para plantio da safra 2019/2020. Mediante as informações apresentadas durante o seminário foi possível planejar melhor a safra, como consequência, o início de colheita está ocorrendo de forma satisfatória”, ressaltou.

ABERTURA SAFRA

No dia 31, final do mês passado, o Governo do Tocantins, por meio da Seagro abriu oficialmente a colheita de grãos no Estado com a expectativa de boa produtividade. Segundo o 4° levantamento da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), a expectativa é colher uma safra recorde superior a 5,0 milhões de toneladas de grãos.

MILHO – SEGUNDA SAFRA

Segundo informações da Gerência de Agrometereologia da Seagro, a perspectiva de produção para milho segunda safra no Tocantins é boa para os produtores que conseguirem plantar o milho safrinha até o final desse mês, seguindo as orientações do zoneamento agrícola de risco climático (ZARC), elaborado pela Embrapa, para a maioria das regiões produtoras do Estado. (Da Seagro)

 

Tags:

Comentários


Deixe um comentário

Redes Sociais
2020 Norte Agropecuário