Criada em 08/09/2020 às 20h53 | Meio Ambiente

Conscientização, educação ambiental e monitoramento são as melhores formas de prevenção, diz secretário Renato Jaime

Segundo o titular do Meio Ambiente do Estado, até o dia 13 de novembro, queimadas no Estado são consideradas crime. Ele citou o Projeto Foco no Fogo, que visitou 900 propriedades que mais queimaram nos últimos anos, como uma das atitudes do Estado para evitar os casos.

Imagem


Clique no ícone acima e ouça a entrevista

O secretário de Meio Ambiente do Tocantins, Renato Jaime, afirmou, em entrevista ao Norte Agropecuário no Rádio na reportagem especial sobre queimadas que a conscientização, educação ambiental e monitoramento são as melhores formas de prevenção. Segundo ele, até o dia 13 de novembro, queimadas no Estado são consideradas crime. 

Norte Agropecuário no Rádio traz reportagem especial sobre queimadas

Ele citou o Projeto Foco no Fogo, que visitou 900 propriedades que mais queimaram nos últimos anos, como uma das atitudes do Estado para evitar os crimes. Renato Jaime disse que há fiscalização e que a gestão estadual investe em tecnologia.

CONFIRA TAMBÉM 

Professor que teve chácara quase destruída por queimadas relata rastro de danos a florestas e animais mortos

Queimada: "Prejuízo financeiro é imenso, mas o que mais me choca é o dano à natureza", diz professor que teve chácara destruída

Especial “Queimadas”: "Isso não é cultural, é falta de cultura, falta de educação", reage o titular da Seder, Roberto Sahium

Conscientização, educação ambiental e monitoramento são as melhores formas de prevenção, diz secretário Renato Jaime

Chácara é praticamente destruída por queimada no norte do Tocantins

 



Tags:

Comentários


Deixe um comentário

Redes Sociais
2020 Norte Agropecuário