Criada em 21/07/2019 às 18h42 | Meio Ambiente

“Quarenta por cento da área do Matopiba é destinada a proteção e preservação da vegetação nativa”, diz supervisor da Embrapa

Gustavo Spadotti ao Norte Agropecuário no Rádio: “40% do Matopiba é destinado a proteção e preservação da vegetação nativa. Agricultores, disparadamente, são os que mais contribuem com a preservação da vegetação nativa do bioma cerrado e também na região do Matopiba”.

Imagem
Dados comprovam que produtor rural investe em preservação ambiental em suas áreas (foto: Agência Brasil/Divulgação); o supervisor da Embrapa Territorial, Gustavo Spadotti, proferiu palestra em Palmas sobre o tema (foto: Divulgação)


Clique no ícone acima e ouça o programa

Supervisor do Grupo de Gestão Territorial Estratégica da Embrapa Territorial, o engenheiro agrônomo Gustavo Spadotti Amaral Castro, apresentou em Palmas (TO) durante o seminário “Soja Responsável - Produzindo Com Sustentabilidade Ambiental”, promovido pela Associação Brasileira dos Produtores de Soja (Aprosoja), números que atestam: o produtor rural, em sua maioria, é um dos principais responsáveis pela preservação do meio ambiente no país.

“Quarenta por cento do [território] do Matopiba é destinado a proteção e preservação da vegetação nativa. Com esses dados, verificamos que há um equilíbrio entre produzir e preservar. Essa balança está muito equilibrada. Agricultores, disparadamente, são os que mais contribuem com a preservação da vegetação nativa do bioma cerrado e também na região do Matopiba”, afirmou em entrevista ao Norte Agropecuário no Rádio.
Este é um dos principais destaques do programa deste domingo, na UFT FM.

VEJA TAMBÉM 

Produtores preservam mais de 219 milhões de hectares de suas propriedades, o que corresponde a R$ 2,4 trilhões em área

Dirigentes da Aprosoja mostram dados oficiais que comprovam que produtores protegem meio ambiente no Matopiba

Seminário em Palmas aborda aspectos socioeconômicos e ambientais da produção agrícola no cerrado e no Matopiba

“Se quer conhecer vegetação nativa no Brasil não vá a parques, visite uma propriedade rural, são eles que estão protegendo”

CONFIRMA MAIS NOTÍCIAS SOBRE A APROSOJA

LEIA O QUE FOI PUBLICADO SOBRE GUSTAVO SPADOTTI

O programa traz outras informações relevantes para o campo no Tocantins, Matopiba e Brasil. Na UFT 96,9 FM, o Norte Agropecuário no Rádio alcança um público de aproximadamente 500 mil pessoas que vivem em 20 cidades no entorno da capital tocantinense. O programa também está na internet, para a restante do Brasil e para o mundo no portal www.norteagropecuario.com.br e nos seus canais nas redes sociais (Twitter, Facebook e Youtube).

A atração da nova temporada na UFT FM é uma veiculação do programa em dois dias diferentes: aos domingos, a partir das 8h, e reprise às quartas-feiras, a partir das 6h20. O programa tem 30 minutos de duração, com apresentação dos jornalistas Cristiano Machado e Daniel Machado.

Tags:

Comentários


Deixe um comentário

Redes Sociais
2019 Norte Agropecuário