Criada em 02/12/2019 às 11h02 | Negócios

Cotações do milho em novembro deste ano sobem mais de 14% em algumas praças do país, aponta estudo realizado pelo Cepea

Os preços no interior do País seguem acima dos verificados na região dos portos, o que tem feito com que os poucos vendedores ativos e detentores de lotes da segunda safra direcionem o milho ao mercado interno.

Imagem

A procura aquecida e a retração vendedora têm mantido os preços do milho em forte alta em todas as regiões levantadas pelo Cepea. No acumulado de novembro, os avanços nos valores superaram os 14% em algumas regiões.

De acordo com colaboradores do Cepea, os preços no interior do País seguem acima dos verificados na região dos portos, o que tem feito com que os poucos vendedores ativos e detentores de lotes da segunda safra direcionem o milho ao mercado interno. Na região de Campinas (SP), o Indicador ESALQ/BM&FBovespa fechou a R$ 47,88/sc de 60 kg na sexta-feira, 29, altas de 3,1% na semana e de 14,1% no acumulado de novembro. (Do Cepea/Esalq)

Tags:

Comentários


Deixe um comentário

Redes Sociais
2019 Norte Agropecuário