Criada em 02/12/2019 às 10h34 | Negócios

Ao custo de R$ 3,6 mil a tonelada e com procura maior que oferta, preço do óleo de soja atinge recorde, aponta Cepea

No geral, o movimento de alta nos valores do óleo de soja é verificado desde agosto deste ano, quando notícias começaram a indicar aumento na quantidade mínima obrigatória da mistura de biodiesel ao óleo diesel – que passou de 10% (B10) para 11% (B11) em 1º de setembro de 2019.

Imagem

O preço do óleo bruto degomado (com 12% de ICMS) tem registrado significativa alta no mercado brasileiro, chegando a R$ 3.646,97/tonelada na cidade de São Paulo na sexta-feira, 29, o maior patamar nominal da série do Cepea, iniciada em julho de 1998.

Segundo pesquisadores do Cepea, o aumento está atrelado à baixa disponibilidade do derivado nas indústrias, em um momento em que a demanda doméstica segue bastante aquecida.

No geral, o movimento de alta nos valores do óleo de soja é verificado desde agosto deste ano, quando notícias começaram a indicar aumento na quantidade mínima obrigatória da mistura de biodiesel ao óleo diesel – que passou de 10% (B10) para 11% (B11) em 1º de setembro de 2019.

Desde então, a liquidez no mercado brasileiro de óleo de soja cresceu significativamente, dado que esse produto corresponde a 70% das matérias-primas utilizadas na produção de biodiesel. Em novembro, o preço do óleo de soja teve média de R$ 3.454,57/tonelada, a maior, em termos nominais, na série histórica do Cepea, 4,9% acima da registrada em outubro e a maior desde dezembro de 2016, em termos reais – as médias mensais foram deflacionadas pelo IGP–DI, base outubro/19. (Do Cepea/Esalq)

Tags:

Comentários


Deixe um comentário

Redes Sociais
2019 Norte Agropecuário