Criada em 26/08/2020 às 11h32 | Pecuária

Em um ano, pecuarista consegue aumentar em mais de 50% a produção de leite no interior do Estado do Tocantins

Assistência Técnica e Gerencial do SENAR (ATeG) muda realidade de produtor rural. Assistido desde 2019, o produtor da Chácara Nossa Senhora Aparecida, localizada no município de Couto Magalhães, hoje vê a sua produção de leite aumentar.

Imagem
José Antônio (à esquerda) e o técnico Léo Batista: “Graças ao acompanhamento técnico adequado, agora tenho um aproveitamento maior da minha produção" (foto: Divulgação)

O produtor rural José Antônio encontrou na Assistência Técnica e Gerencial (ATeG) do SENAR/TO a oportunidade e o apoio necessário para o seu aperfeiçoamento e o crescimento de sua produção rural. Hoje o produtor colhe frutos do progresso de sua propriedade e de seu rebanho. 

Assistido desde 2019, o produtor da Chácara Nossa Senhora Aparecida, localizada no município de Couto Magalhães, hoje vê a sua produção de leite aumentar. Em julho de 2019, quando começou a ser assistido, produzia em média 130 litros de leite por dia. Já em 2020 sua produção diária atingiu 200 litros. Um aumento de mais de 50% na produção.

Segundo o Técnico de campo Léo Batista, responsável pelo acompanhamento técnico ao produtor, além da implantação do sistema de piquete rotacionado, trazendo melhoria na capacidade de suporte da propriedade, também houve a utilização de tecnologias visando o bem estar dos animais: “O sombrite foi colocado com a finalidade de conceder melhor conforto térmico para os animais, um dos aspectos principais para que o animal possa produzir bem e para uma boa atividade leiteira”, comenta.

José Antônio conta com satisfação que seguiu rigorosamente o planejamento estratégico elaborado em conjunto com o técnico de campo do Senar/TO e comemora os frutos desta dedicação. "Estou muito feliz e satisfeito com a assistência que eu tive. Graças ao acompanhamento técnico adequado, agora tenho um aproveitamento maior da minha produção", comemora.

ATENDIMENTO DURANTE A PANDEMIA

Durante a pandemia causada pelo Novo Coronavirus (Covid-19) os atendimentos da ATeG no Tocantins ocorrem, também, de forma virtual. Os técnicos de campo entram em contato com os produtores por meio de vídeo chamada pelo WhatsApp ou através de ligações telefônicas. Durante os atendimentos são coletados dados da produção, receitas e despesas, além do repasse de orientações e recomendações técnicas ao produtor. (Da Assessoria de Comunicação Sistema FAET/SENAR).

Tags:

Comentários


Deixe um comentário

Redes Sociais
2020 Norte Agropecuário