Criada em 05/11/2019 às 08h35 | Agronegócio

Feiras agropecuárias realizadas no Estado do Tocantins movimentam cerca de R$ 160 milhões, afirma presidente da Faet

Exposições agropecuárias de 2019 finalizaram nesta semana. Presidente da federação, Paulo Carneiro, destaca a importância para economia do Estado do Tocantins. “É importante destacar que durante as feiras também tivemos muita geração de emprego, de forma direta e indireta.”

Imagem
As 29 exposições realizadas movimentaram a economia local, promoveram negócios, proporcionaram entretenimento e qualificação profissional ao produtor rural e família, avalia Paulo Carneiro (foto: Faet/Divulgação)

Após a Exposição Agropecuária do município de Fátima que finalizou neste domingo, a Federação da Agricultura e Pecuária do Estado encerra o calendário 2019 de feiras, no Tocantins. As exposições deste ano aqueceram o comércio nos municípios tocantinenses, com a venda de gado, máquinas e implementos agrícolas.

O presidente que esteve presente em 90% das feiras agropecuárias comentou que o bom andamento das exposições contribuiu, em grande parcela, com o crescimento do setor agropecuário do estado. “Os números e o volume de negócio que perpassaram pelas exposições refletiram significativamente na economia tocantinense.”, afirma.

Segundo o presidente, neste ano, o setor de veículos apontou uma boa comercialização, as revendas de maquinas e equipamentos, assim como os bancos informaram que tiveram um retorno bom: “Neste ano, as feiras movimentaram mais de 160 milhões com venda de gados, maquinas, implementos, veículos e leilões”.

No total, foram 29 exposições realizadas que movimentaram a economia local, promoveram negócios, proporcionaram entretenimento e qualificação profissional ao produtor rural e sua família. “É importante destacar que durante as feiras também tivemos muita geração de emprego, de forma direta e indireta. Juntamente com os Presidentes dos Sindicatos Rurais, nossa expectativa é boa para o ano de 2020. Queremos alavancar os negócios, levar novidades com nossos cursos do SENAR, pois sabemos que todas essas atividades continuam refletindo na vida dos produtores ao longo do ano. Somos a casa do produtor”, finaliza. (Da Faet)

Tags:

Comentários


Deixe um comentário

Redes Sociais
2019 Norte Agropecuário