Criada em 20/03/2021 às 11h57 | Agronegócio

“GTEPS possibilita que a experiência de um pecuarista ajude os demais”, afirma engenheiro agrônomo João Menezes Souza Neto

Em entrevista ao “Agro & Negócios”, apresentado pelo jornalista Cristiano Machado na Rádio 101 FM de Presidente Prudente (SP), o engenheiro agrônomo aborda os objetivos da iniciativa. Ele destaca também os benefícios do Bolsa de Arrendamento e das principais características da região.

Imagem


Clique e confira a entrevista ao "Agro & Negócios"

O engenheiro agrônomo João Menezes de Souza Neto é o entrevistado do programa “Agro & Negócios”, apresentado pelo jornalista Cristiano Machado na Rádio 101 FM de Presidente Prudente (SP). Ele aborda, entre outros temas, a Bolsa de Arrendamento e o Grupo de Troca de Experiências em Pecuária (GTEPS).

Resgate da ideia do Sindicato Rural, GTEPS tem objetivo de organizar produtores na troca de experiências. “Que a experiência de um possa ajudar os demais integrantes. Nesse encontro que realizamos, o Café da Pecuária, os produtores têm oportunidade falar sobre iniciativas que garantem ganhos de produtividade e desenvolvimento, melhorar a tecnologia, rentabilidade e produtividade”, disse Souza Neto, que é facilitador do projeto.

Já a Bolsa de Arrendamento, conforme informou o agrônomo, tem tido resultados positivos. É um trabalho que tem o suporte do Sindicato Rural de Presidente Prudente, que garante “segurança [para o produtor] de estar em ambiente transparente de forma gratuita”. Na prática, facilita a união de empreendedores rurais que querem terras para produzir e gerar empregos no oeste paulista com os proprietários que necessitam de parceiros para tornarem suas áreas mais produtivas.

REGIÃO PRIVILEGIADA

Entusiasta do desenvolvimento do oeste de São Paulo, João Menezes falou também sobre as principais características da região. Para ele, trata-se de uma das melhores fronteiras agrícolas do país. “É uma região privilegiada com 2 milhões de hectares de solo disponível para a agricultura”, afirmou. “Tem terras baratas, tecnologia para solo, ótima infraestrutura de estrada, transporte, armazenamento, presença de cooperativas, centros de pesquisa, universidades, próxima dos grandes centros consumidores e dos principais portos exportadores”, finalizou.



Clique no ícone acima e assista 


Recentemente, o jornalista Cristiano Machado
entrevistou, 
com exclusividade,  a ministra Tereza Cristina. 

Tags:

Comentários


Deixe um comentário

Redes Sociais
2021 Norte Agropecuário