Criada em 07/10/2019 às 23h01 | Exportações

Vendas externas de produtos agropecuários do Tocantins já alcançaram montante de quase R$ 3,5 bilhões neste ano

“Isso beneficia muito a balança comercial do Tocantins e se confirmar a previsão climática atual, vamos melhorar ainda mais esses números na safra 2019-2020”, afirmou José Américo, diretor de Pecuária e Agricultura da Seagro, em entrevista ao Norte Agropecuário no Rádio, na UFT FM.

Imagem
Valor corresponde ao acumulado de janeiro a setembro deste ano. Apesar da peste suína africana que atingiu a China, país asiático segue como o maior comprador do Estado (foto: Seagro/Divulgação)


Clique no ícone acima e ouça o programa

DANIEL MACHADO
DE BRASÍLIA (DF)

De janeiro a setembro deste ano, as empresas e produtores tocantinenses já exportaram US$ 841,9 milhões, ou seja, quase R$ 3,5 bilhões. O valor dessas vendas de nove meses é cerca de três vezes maior que o Orçamento Municipal da Prefeitura de Palmas, capital e maior cidade do Estado, para todo o ano.

O volume de exportações foi destaque do programa Norte Agropecuário no Rádio deste domingo, 6 de outubro, na UFT FM. O total exportado para o período é o segundo maior da história do Estado, só perdendo para o ano passado, quando o valor havia ultrapassado a quantia de US$ 1 bilhão.

Veja quem são os principais compradores dos produtores agropecuários do Tocantins 

OUÇA AS ÚLTIMAS EDIÇÕES DO NORTE AGROPECUÁRIO NO RÁDIO

CLIQUE AQUI E SIGA O NORTE AGROPECUÁRIO NO FACEBOOK

ACOMPANHE O NORTE AGROPECUÁRIO NO INSTAGRAM

SIGA O NORTE AGROPECUÁRIO NO TWITTER

CONFIRA O CANAL DO NORTE AGROPECUÁRIO NO YOUTUBE

As informações foram apuradas pelo Norte Agropecuário no Comex Stat, sistema do governo federal que consolida as informações sobre transações comercias internacionais.

CHINA LIDERA

Mesmo com a peste suína africana que atingiu o rebanho de porcos da China e, assim, reduzindo a importação de cereais por parte dos asiáticos, o país mais populoso do mundo segue sendo o maior comprador do Estado, com US$ 474,52 milhões, 57% do total vendido pelo Tocantins ao exterior. Quase toda a compra chinesa do Estado é de soja. No ano passado, a China havia adquirido US$ 693,8 milhões de soja do Estado.

Na segunda colocação nas exportações deste ano está a Espanha, com US$ 66 milhões, dos quais US$ 52 milhões foram de soja. Hong Kong, região especial localizada na China, aparece em terceiro, com US$ 44,68 milhões, concentrados na compra de carne e derivados.

A IMPORTÂNCIA

Para José Américo, diretor de Pecuária e Agricultura da Seagro (Secretaria de Agricultura, Pecuária e Aquicultura do Estado), o bom desempenho das exportações do Tocantins é um reflexo do aumento do volume produzido. “Isso beneficia muito a balança comercial do Tocantins e se confirmar a previsão climática atual, vamos melhorar ainda mais esses números na safra 2019-2020”, ressaltou.

Tags:

Comentários


Deixe um comentário

Redes Sociais
2019 Norte Agropecuário