Criada em 01/02/2021 às 08h34 | Agronegócio

"Não tínhamos dúvidas que pelo entusiasmo e trabalho no início o Tocantins cresceria e será ainda um grande Estado do Brasil"

Um dos precursores do trabalho de melhoria genética de gado e introdução do mercado de cavalos no Tocantins, Paulo Almeida Prado lembra, com satisfação, dos 20 anos em que viveu em Araguaína e fala com entusiasmo do crescimento do setor agropecuário do Estado.

Imagem


Clique no ícone acima e acompanhe a entrevista

Um dos responsáveis pela introdução de cavalos de raça e melhoria genética do rebanho bovino no início da formação do Tocantins, o agropecuarista e empresário Paulo Sampaio de Almeida Prado é o personagem do quadro "Norte Agropecuário Entrevista". 

Atualmente em Itu, a 97 quilômetros da capital paulista, de onde cuida dos negócios da família, ele conversou com o jornalista Cristiano Machado, editor do Norte Agropecuário. Lembrou, com satisfação, do período em que viveu em Araguaína (norte do Tocantins) e falou com entusiasmo sobre o crescimento agropecuário do Estado. "Foi difícil, mas foi muito bom. Tinha muita coisa se iniciando, uma das ruas principais era de terra ainda. Tenho recordações fantásticas dos amigos, do Rio Araguaia, uma coisa mais linda, as pessoas na maioria de fora. Era um sentimento de ânimo, de otimismo para empreender, desenvolver", recordou.

Reconhecido nacionalmente no setor por, entre outros trabalhos, o projeto Raízes Mangalarga, feito junto com o irmão Raul em São Paulo, no Tocantins foi diretor do Sindicato Rural de Araguaína (SRA) e realizou leilões e eventos que ajudaram a solidificar o Estado como potência agropecuária. "O Estado era muito promissor e Araguaína, um polo de região. Cheguei a conhecer Palmas e não tinha nada ainda. Não tínhamos dúvidas que, pelo entusiasmo, o trabalho e força de todos que o Tocantins cresceria e será um grande Estado do Brasil", finalizou citando que seu pai começou a trabalhar na região ainda em 1973, após adquirir fazendas. Já ele, permaneceu na cidade por 20 anos.

 

 
Clique no ícone acima e assista ao programa 



Tags:

Comentários


Deixe um comentário

Redes Sociais
2021 Norte Agropecuário