Criada em 06/12/2019 às 19h00 | Investigação

Defesa agropecuária no Tocantins envia técnicos a propriedade rural após confirmação de 3 casos de brucelose em humanos

Servidores foram ao interior para inspecionar uma propriedade rural no município de Ponte Alta. Eles analisaram os bovinos e orientaram o produtor rural a realizar exames de diagnóstico dos animais. Foram confirmados três casos, dois moradores de Palmas e um de Ponte Alta do Tocantins.

Imagem

O governo do Estado anunciou na tarde desta quinta-feira, dia 5, que a Agência de Defesa Agropecuária do Tocantins (Adapec) enviou técnicos para inspecionar uma propriedade rural no município de Ponte Alta do Tocantins (146 km de Palmas). Os servidores inspecionaram os bovinos e orientaram o produtor rural a realizar exames de diagnóstico dos animais.

Os casos da doença foram confirmados pela Secretaria de Estado da Saúde (SES), que informou: “foram confirmados três casos de brucelose em humano, dois moradores de Palmas e um de Ponte Alta do Tocantins”. Ainda conforme a secretaria, os pacientes estão sendo acompanhados e já estão recebendo tratamento para a doença. “A família ainda está sob investigação para coleta de mais informações. Equipes da vigilância em saúde dos municípios de Ponte Alta do TO e Palmas estão envolvidas na investigação e implementação de medidas de vigilância e prevenção da doença”, ressaltou.

A SES destacou na nota ainda que não há relação da morte de um churrasqueiro com os casos confirmados da doença. “A causa do óbito foi insuficiência respiratória que não é compatível com a brucelose humana.”

A ADAPEC

Na nota, o governo do Estado aponta que a “Adapec esclarece que não atua no diagnóstico da brucelose em animais, pois existe impedimento na legislação federal”. “A Lei prevê que este serviço deve ser executado por médico veterinário da iniciativa privada, habilitado no Programa Estadual de Controle e Erradicação da Brucelose e Tuberculose Animal”, apontou. 

Ainda conforme a Adapec, “esses profissionais são obrigados a notificar a Adapec os casos de animais com diagnóstico positivo e fazer a marcação dos mesmos com a letra “P”, para que o órgão providencie o sacrifício”.

Confira a nota na íntegra:

NOTA BRUCELOSE

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) informa que foram confirmados três casos de brucelose em humano, dois moradores de Palmas e um de Ponte Alta do Tocantins, os pacientes estão sendo acompanhados e já estão recebendo tratamento para a doença.  A família ainda está sob investigação para coleta de mais informações. Equipes da vigilância em saúde dos municípios de Ponte Alta do TO e Palmas estão envolvidas na investigação e implementação de medidas de vigilância e prevenção da doença.

A SES esclarece que a investigação ainda está em curso e a fonte de infecção é de difícil determinação, pois a doença pode apresentar meses em período de incubação. São várias fontes de infecção (alimentos - produtos lácteos ou carnes, contato com secreções de animais contaminados, acidentes vacinais, dentre outros). Portanto, não podemos determinar que a fonte de infecção tenha sido um churrasco em que os pacientes participaram. Outras pessoas que participaram do evento não adoeceram.

Quanto ao óbito do churrasqueiro, de acordo com a investigação da SES não há relação com os casos confirmados da doença. A causa do óbito foi insuficiência respiratória que não é compatível com a brucelose humana.

Já a Adapec esclarece que não atua no diagnóstico da brucelose em animais, pois existe impedimento na legislação federal. A Lei prevê que este serviço deve ser executado por médico veterinário da iniciativa privada, habilitado no Programa Estadual de Controle e Erradicação da Brucelose e Tuberculose Animal.

Informa ainda, que esses profissionais são obrigados a notificar a Adapec os casos de animais com diagnóstico positivo e fazer a marcação dos mesmos com a letra “P”, para que o órgão providencie o sacrifício.

A Adapec enviou um técnico à propriedade rural em Ponte Alta do Tocantins. Os bovinos foram inspecionados clinicamente e o produtor rural orientado a realizar exames de diagnóstico dos animais e tomar as demais providências.

Tags:

Comentários


Deixe um comentário

Redes Sociais
2020 Norte Agropecuário