Criada em 18/09/2021 às 20h21 | Investigação

Maus-tratos a 27 equinos resgatados pela PM Rodoviária de SP e Iagro-MS resultam em multa de R$ 3,9 mil a vendedor

Autuação ocorreu por movimentar e/ou transferir animais sem a devida documentação zoossanitária. O comprador, que também é proprietário do caminhão, foi autuado pela IAGRO, o órgão estadual de Defesa Agropecuária do Mato Grosso do Sul.

Imagem

Uma ação realizada pela Coordenadoria de Defesa Agropecuária, com o apoio da Polícia Militar Rodoviária do estado de São Paulo e parceria da Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal (IAGRO), do Mato Grosso do Sul, interceptou, na quarta-feira (15), o transporte irregular de 27 equinos que foram carregados no município de Presidente Bernardes (SP), com destino à cidade de Tacuru (MS), uma viagem de quase 600 quilômetros.

Como descrito no Boletim de Ocorrência policial, “os 27 animais equinos, sendo 18 éguas e nove cavalos estavam sendo transportados de forma incompatível com a integridade física, mal acondicionados, alguns amarrados violentamente pelo rabo e pescoço, passando fome e sem água, além do excesso de carga e alguns animais machucados, em estado de maus tratos”.

A ação, que teve a participação dos médicos veterinários Marcio Freitas, do Escritório de Defesa Agropecuária (EDA) de Presidente Prudente e André Louzada, do EDA de Presidente Venceslau, foi iniciada após a Coordenadoria de Defesa Agropecuária receber informação da IAGRO de um flagrante de transporte irregular dos animais em um caminhão, que já estava na cidade de Bataguassu (MS), na divisa entre os dois estados. A equipe da Coordenadoria, com o apoio da Polícia Militar Rodoviária de Presidente Prudente, deslocou-se até o local, onde foi determinado ao motorista que retornasse com os equinos para a propriedade rural de origem, no município de Presidente Bernardes, para serem desembarcados.

Em decorrência da situação de maus-tratos aparentes em que se encontravam os equinos, o responsável pela venda dos animais recebeu ordem para que providenciasse alimentação e água aos cavalos, assim como providenciasse os exames específicos e, posteriormente, solicitasse a emissão da Guia de Trânsito Animal (GTA), possibilitando o deslocamento de maneira regular dos cavalos.

A Polícia Militar Rodoviária lavrou um Boletim de Ocorrência de maus-tratos dos animais e encaminhará o registro à Polícia Civil, que cuidará da investigação do caso.

A Defesa Agropecuária de São Paulo lavrou um auto de infração contra o vendedor dos equinos, por movimentar e/ou transferir animais sem a devida documentação zoossanitária, com multa em torno de R$ 3,9 mil.

O comprador, que também é proprietário do caminhão, foi autuado pela IAGRO, o órgão estadual de Defesa Agropecuária do Mato Grosso do Sul. (Da AgriculturaSP)

 



 
Clique no ícone acima e assista a primeira parte da
reportagem sobre o Sítio Estiva, em Palmas (TO)

Clique no ícone acima e confira a segunda parte da reportagem
especial sobre o trabalho de Anízio Moura Filho e dona Maria Santa 



 

 




Clique no ícone acima e confira o programa de rádio

SAIBA MAIS: 

NESTE LINK VOCÊ CONFERE O VÍDEO COM A ENTREVISTA E O PROGRAMA DE HOJE

Exportações de carne para a China são suspensas após Ministério da Agricultura confirmar casos de vaca louca em Mato Grosso e Minas

CONFIRA NESTE LINK AS PRINCIPAIS NOTÍCIAS DA RELAÇÃO COMERCIAL COM A CHINA 



CONFIRA TAMBÉM 

Vantagens da pecuária intensiva têm atraído cada vez mais investidores na região oeste do Estado de São Paulo



CLIQUE NESTE LINK E CONFIRA A COLUNA DESTA QUARTA-FEIRA EM O IMPARCIAL 

CONFIRA AS OUTRAS EDIÇÕES DO OESTE AGROPECUÁRIO 

CONFIRA TAMBÉM 

Empreendedorismo rural: Matemático e professora deixam profissões, passam a se dedicar ao campo e, em meio à pandemia, hoje administram sítio

Em meio à pandemia, conceitos básicos do empreendedorismo guiam casal Anízio e dona Maria Santa

CLIQUE NESTE LINK E CONFIRA OUTRAS REPORTAGENS SOBRE O TEMA 

Balde Cheio em Rede tem ajudado a mudar hábitos em propriedades que se dedicam à pecuária leiteira no Tocantins e Pará


Clique no ícone acima e confira o programa de hoje


Clique no ícone acima e confira o programa de rádio

 
Clique no ícone acima e confira a entrevista


Clique no ícone acima e confira a reportagem


Clique no ícone acima e ouça a entrevista


Clique no ícone acima e confira o programa


Clique no ícone acima e ouça a entrevista

Sicredi Rio Paraná PR/SP disponibiliza R$ 150 milhões para produtores rurais da região no Plano Safra

Com “Drive Rural”, Sicredi Rio Paraná PR/SP leva informações do Plano Safra a produtores

Assessor da Sicredi Rio Paraná PR/SP detalha seguro agrícola e dá orientações a produtores rurais

CLIQUE NESTE LINK E CONFIRA O QUE FOI PUBLICADO SOBRE SICREDI 


Clique no ícone acima e assista a entrevista

“Modelo cooperativo é diferencial para concessão de crédito a produtores rurais com menos burocracia”, afirma executivo

Agricultores devem encontrar nos bancos agilidade e eficiência na liberação de crédito para fomentar a produção no campo

Nova opção para atendimento dos cooperados: Sicredi inaugura agência em Araguaína, no norte do Tocantins.

“Somos parceiros do agricultor; Temos como objetivo de fazer com que ele cresça”, afirma presidente da Sicredi Rio Paraná PR/SP.


Clique no ícone acima e assista a entrevista


 
Clique no ícone acima e confira o programa de rádio 

 
Clique no ícone acima e confira o programa de rádio

Tags:

Comentários


Deixe um comentário

Redes Sociais
2021 Norte Agropecuário