Criada em 23/08/2021 às 08h41 | Pecuária

Reportagem Especial: Em meio à pandemia, conceitos básicos do empreendedorismo guiam casal Anízio e dona Maria Santa

Um dos diferenciais que aprenderam na nova vida no campo graças à metodologia do projeto Balde Cheio e que é um aspecto muito interessante que tem que ser levado em conta por qualquer empreendedor é o controle financeiro. Gastos e receitas estão na ponta do lápis.

Imagem
O casal Anízio Moura Filho e dona Maria Santa, do Sítio Estiva, em Palmas (TO), ao lado do médico veterinário Cláudio Sayão Lobato, que garante a assistência técnica na propriedade (foto: Clenio Araújo/Embrapa)


Clique no ícone acima e confira a reportagem 

Na segunda parte da reportagem especial de projeto de pecuária leiteira em Palmas, capital do Tocantins, destacaremos temas importantes do empreendedorismo que movem o casal Anízio Moura Filho e dona Maria Santa.

Abordamos os aspectos social, sustentável e a cooperação, simbolizada neste projeto com a assistência técnica e compartilhamento de informações, técnicas e experimentos que deram certo em outros lugares e são vivenciados aqui no cotidiano.

Um dos aspectos importantes para a produtividade sustentável é o bem-estar animal. Reserva alimentar dos animais também é outro aspecto fundamental para o sucesso da atividade.

No começo da pandemia, enquanto muitos outros segmentos econômicos tiveram que fechar as portas e suspender as atividades, no Sítio Estiva, a produção não parou. Pelo contrário. O trabalho cada vez mais foi intensificado, bem como os cuidados com a saúde também.

CONTROLE FINANCEIRO

Ainda sobre isso, vocês viram na primeira parte da reportagem que um dos diferenciais que aprenderam na nova vida e que é um aspecto muito interessante que tem que ser levado em conta por qualquer empreendedor: controle de gastos e receitas.

Muito satisfeito com a participação no projeto Balde Cheio, ele contou que antes “tocava a propriedade”, mas não sabia gerir o sítio. A partir da metodologia do projeto passou a anotar tudo. E hoje consegue reduzir custos e tem mais lucro.

Antes, ele lidava com um volume de dinheiro e não sabia se era lucro ou se era despesa. Atualmente, já tem um norte e caminha para melhorar ainda mais o controle e a rentabilidade. Por falar nesse tema, é preciso explicar: os índices dos animais do sítio estiva permanecem praticamente os mesmos. Porém, com a redução de custos proporcionada pela gestão mais criteriosa da atividade leiteira, a margem de lucro cresceu. Isso se deve muito também a uma assistência técnica de qualidade.

RECOMENDAÇÃO AOS PRODUTORES

Anízio Moura Filho e dona Maria Santa recomendam que outros produtores façam o acompanhamento das contas da propriedade. Entendendo onde são investidos os recursos financeiros da propriedade, é possível se ter uma ideia melhor da condução financeira da atividade de produção de leite e, principalmente, onde é necessário fazer ajustes. Dessa maneira, além da redução de custos e do aumento de ganhos financeiros da atividade leiteira, o sítio estiva começa a ter impacto de ordem social.

E para encerrar a reportagem, parabenizamos o casal Anízio e dona Maria Santa, o médico veterinário Cláudio Lobato, que garante a assistência técnica aos produtores.

Nossos parabéns se estendem aos demais agricultores e agricultoras do país por seu trabalho, pela dádiva de produzir alimentos. Em tempos de pandemia, com tantas restrições quanto a trabalho, emprego e renda, a produção se mostra uma atividade resiliente. Sendo trabalhada de maneira profissional, com aplicação de tecnologias adequadas e uma boa gestão, pode ser sustentável sob os três tradicionais aspectos: ambiental; econômico; e social. (Com informações da Embrapa)


Clique no ícone acima e assista a primeira parte da
reportagem sobre o Sítio Estiva, em Palmas (TO)

CONFIRA TAMBÉM 

Empreendedorismo rural: Matemático e professora deixam profissões, passam a se dedicar ao campo e, em meio à pandemia, hoje administram sítio

Em meio à pandemia, conceitos básicos do empreendedorismo guiam casal Anízio e dona Maria Santa

CLIQUE NESTE LINK E CONFIRA OUTRAS REPORTAGENS SOBRE O TEMA 

Balde Cheio em Rede tem ajudado a mudar hábitos em propriedades que se dedicam à pecuária leiteira no Tocantins e Pará


Clique no ícone acima e confira o programa de hoje


Clique no ícone acima e confira o programa de rádio

 
Clique no ícone acima e confira a entrevista


Clique no ícone acima e confira a reportagem




Clique no ícone acima e ouça a entrevista


Clique no ícone acima e confira o programa


Clique no ícone acima e ouça a entrevista

Sicredi Rio Paraná PR/SP disponibiliza R$ 150 milhões para produtores rurais da região no Plano Safra

Com “Drive Rural”, Sicredi Rio Paraná PR/SP leva informações do Plano Safra a produtores

Assessor da Sicredi Rio Paraná PR/SP detalha seguro agrícola e dá orientações a produtores rurais

CLIQUE NESTE LINK E CONFIRA O QUE FOI PUBLICADO SOBRE SICREDI 


Clique no ícone acima e assista a entrevista

“Modelo cooperativo é diferencial para concessão de crédito a produtores rurais com menos burocracia”, afirma executivo

Agricultores devem encontrar nos bancos agilidade e eficiência na liberação de crédito para fomentar a produção no campo

Nova opção para atendimento dos cooperados: Sicredi inaugura agência em Araguaína, no norte do Tocantins.

“Somos parceiros do agricultor; Temos como objetivo de fazer com que ele cresça”, afirma presidente da Sicredi Rio Paraná PR/SP.


Clique no ícone acima e assista a entrevista


 
Clique no ícone acima e confira o programa de rádio 

 
Clique no ícone acima e confira o programa de rádio

Tags:

Comentários


Deixe um comentário

Redes Sociais
2021 Norte Agropecuário