Criada em 22/08/2017 às 19h12 | Agricultura

Sumiço de tratores: Ex-prefeito de Colinas afirma ter entregue máquina em 2016 em bom estado de conservação à atual gestão

“Faço questão de salientar que o trator que estava sob administração da Prefeitura foi entregue em bom estado de conservação no final de minha gestão, em 2016, conforme relatório de transição”, disse José Santana.

Imagem
Santana: "Não tenho conhecimento sobre a atual situação do equipamento após esse período" (foto: SecomTO/Arquivo)

Em nota publicada no início da noite dessa segunda-feira, 21, em seu perfil no Facebook, o ex-prefeito de Colinas do Tocantins, José Santana (PT), afirmou ter entregue o trator do programa Terra Forte ao final de sua gestão, em 2016, em “bom estado de conservação”. 

Ainda na nota, ele diz que atualmente não tem conhecimento sobre a atual situação do equipamento. “Faço questão de salientar que o trator que estava sob administração da Prefeitura foi entregue em bom estado de conservação no final de minha gestão, em 2016, conforme relatório de transição, e que não tenho conhecimento sobre a atual situação do equipamento após esse período”, afirmou Santana.

VEJA TAMBÉM 

SINDICÂNCIA APURA SUMIÇO DE TRATORES DE PROGRAMA QUE CUSTOU R$ 28 MILHÕES AOS COFRES PÚBLICOS 

ORÇADO EM R$ 28 MILHÕES, TERRA FORTE PREVIA ENTREGA DE MAIS DE MIL EQUIPAMENTOS NO TOCANTINS 

A manifestação de Santana se dá após o Norte Agropecuário revelar que o governo do Estado abriu sindicância para apurar sumiço de tratores do programa Terra Forte em quatro cidades do Tocantins: além de Colinas, a investigação se dará em Piraquê, Nazaré do Tocantins e Goiatins.

A portaria assinada pelo secretário da Agricultura, Clemente Barros, é datada de terça-feira, dia 15 de agosto, mas goi publicada apenas nessa sexta-feira, 18, no Diário Oficial do Estado (DOE).

O programa, lançado em 2013, custou R$ 28 milhões aos cofres públicos do Estado. Segundo a pasta divulgou em maio daquele ano, foram repassados a associações, sindicatos e prefeituras 230 tratores, 220 grades aradoras, 226 calcareadeiras, 226 plantadeiras, 106 pulverizadores, 108 roçadeiras, 4 perfuradores de solo.

A Seagro não informou a quantidade de máquinas que sumiram. Em resposta ao Norte Agropecuário, a Secretaria da Agricultura se limitou a divulgar nesta segunda-feira, 21, que só se manifestará após a finalização da sindicância.

EM COLINAS

A entrega de trator para Colinas e região ocorreu em 22 de novembro de 2013, em cerimônia realizada em Guaraí. Nesse dia, além de Colinas, outros 22 municípios da região foram beneficiados.

O Norte Agropecuário contatou a assessoria do atual prefeito de Colinas, Adriano Rabelo, mas não obteve resposta até o momento.

Veja a manifestação do ex-prefeito José Santana:

Ao tomar conhecimento de matéria veiculada sobre investigação do governo do estado referente a localização de equipamentos agrícolas cedidos ao município, faço questão de salientar que o trator que estava sob administração da Prefeitura, foi entregue em bom estado de conservação no final de minha gestão, em 2016, conforme relatório de transição, e que não tenho conhecimento sobre a atual situação do equipamento após esse período.

Tags:

Comentários


Deixe um comentário

Redes Sociais
2017 Norte Agropecuário