Criada em 11/09/2017 às 21h59 | Política brasileira

CPMI que investiga relações do BNDES com a JBS escolherá relator na terça-feira

O grupo J&F, dirigido pelos irmãos Joesley e Wesley Batista, controla o frigorífico JBS e outras empresas. A CPMI vai investigar as operações da holding com o BNDES ocorridas entre os anos de 2007 e 2016.

Imagem

A comissão parlamentar mista de inquérito (CPMI) que investiga se houve irregularidades nas operações entre o grupo J&F e o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), reúne-se na terça-feira (12) para definir o relator do colegiado, que será um deputado, e votar requerimentos.

O grupo J&F, dirigido pelos irmãos Joesley e Wesley Batista, controla o frigorífico JBS e outras empresas. A CPMI vai investigar as operações da holding com o BNDES ocorridas entre os anos de 2007 e 2016.

A comissão de deputados e senadores vai investigar também o acordo de colaboração premiada do Ministério Público Federal com os acionistas das empresas.

Podem ser votados na terça, alguns dos requerimentos apresentados pelos parlamentares que convocam os empresários envolvidos – os irmãos Joesley e Wesley Batista e Ricardo Saud – e autoridades como os ex-presidentes Lula e Dilma Rousseff; os ex-ministros José Eduardo Cardozo e Guido Mantega; o ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha; e o ex-procurador da República Marcello Miller.

O presidente da CPMI é o senador Ataídes Oliveira (PSDB-TO), e o vice-presidente, o senador Ronaldo Caiado (DEM-GO).

A reunião ocorrerá no plenário 19 da ala Alexandre Costa, do Senado, a partir das 14h30. (Da Agência Câmara Notícias)

Tags:

Comentários


Deixe um comentário

Redes Sociais
2017 Norte Agropecuário